Login
Para continuar, insira seu login e senha ou faça agora seu cadastro e seja nosso cliente.

VOCÊ ESTA INDICANDO

COMO AS MULHERES AMAM

CIDADES TOTAIS: O ( NADA )

Sublime espaço pós-moderno

Marcos Marques de Oliveira

Editora: Ideias & Letras
Categoria: CIÊNCIAS SOCIAIS

Páginas: 112
Edição: 1ª
Ano: 2015
ISBN: 978-85-65893-81-7
Formato: 14,00 cm X 21,00 cm
Peso: 0,152 Kg
Cód. Fabricante: 3.01.02.1606

Sinopse

Não é nova a busca de apartamento dos estratos sociais mais favorecidos. A novidade 
pós-moderna está na negação da utopia modernista, que visava à transformação do 
externo pela força de uma nova linguagem espacial, baseada na tecnologia e numa 
organização social de novo tipo − em tese, mais solidária e igualitária.
O fracasso (ou derrota?) dessa perspectiva acarretou na emergência das aglomerações 
pós-iluministas, que passaram a comportar o que o crítico literário Frederic Jameson 
denominou de “cidades-totais” - espaços fechados de convivência congêneres à lógica 
cultural do capitalismo tardio, produtora radical de conformidade e conformismo.
Hotéis, shoppings centers e condomínios de luxo são os sintomas mais visíveis desse 
fenômeno que, segundo o citado marxista norte-americano, colaboram para o 
esmorecimento da ideia de espaços e homens públicos, em prol da reificação do 
desejo-fetiche de territórios e seres que se querem exclusivamente privados.
Em espaços desse tipo é que ocorre a junção de estruturas mentais e concretas que 
produzem a subjetividade contemporânea, evidenciadas não apenas nos citados 
símbolos da arquitetura pós-moderna, mas também nas opções políticas privatistas 
engendradas para enfrentar os déficits coletivos de segurança, saúde e educação.
Como afirma o filósofo ítalo-brasileiro Giovanni Semeraro, este ensaio de Marcos 
Marques de Oliveira, “sem muitos rodeios”, leva o leitor a entender a esquizofrenia 
pós-moderna.

R$

26,90

Prazo da entrega: De 7 a 10 dias úteis

enviar
separador
separador